No último domingo (27), às 18h10, começava a transmissão, no Youtube, de “História”, live que durou oito horas e mostrou o domínio do artista ao apresentar músicas e bater papo com os fãs, com serenidade, sensatez, lucidez e amor ao próximo ao arrecadar R$ 370 mil e 328 toneladas de alimentos. Luan iniciou com uma abertura emocionante, como em um show, que já introduziu os fãs em sua “História” e falou do momento em que estamos vivendo, sobre isolamento social. No vídeo, um pouco de sua trajetória e do quanto ele acredita que a música é capaz de nos ajudar a superar esta crise.

O show virtual, que entrou para a história, primou pelo cenário bucólico do jardim da casa estúdio do cantor, que fica na região de Alphaville, em São Paulo/SP. Logo no começo, Luan dedicou a live aos profissionais da saúde e a todos de serviços essenciais. “Recebi vídeos incríveis destes heróis que estão saindo das suas casas para salvar vidas. E uma salva de palmas também para todos aqueles que não podem ficar em suas casas porque têm de cuidar de todos nós, como os caminhoneiros”, afirmou.

A música de abertura foi “Tudo o que você quiser”. Luan relembrou momentos marcantes de sua carreira seguindo a ordem cronológica dos seus sucessos: “Através das minhas músicas, vou contar a minha história”. Ele fez homenagem aos profissionais da saúde e outros profissionais de serviços essenciais, como caminhoneiros.

“Uma prova impressionante de amor tem sido dada pelos profissionais que estão na linha de frente ao combate ao coronavírus, nos hospitais, nas ruas, e a gente vê as pessoas dedicando suas vidas, arriscando suas vidas para salvar a nossa. Se isso não for amor, eu não sei o que mais é, amar não é pecado. Eu quero aqui, em nome de todos os músicos, todos os artistas, de todas as pessoas que estão me vendo neste momento, agradecer a você profissional da saúde, agradecer a vocês, caminhoneiros, a galera que trabalha prestando serviços essenciais para que a vida continue, quero mandar um beijo mais do que especial para vocês, vocês merecem mais do que palmas, mais que minha admiração, vocês merecem nossa oração. Que Deus abençoe a cabeça de vocês e vocês consigam passar mais rápido por esse problema, a gente consiga”.

Jade, sua noiva, apareceu durante o show. O cantor se derreteu por ela e resolveu cantar uma música que fez para a amada, “Raridade”. “Nossa, eu não acredito no que estou vendo. Por favor, olha esse momento. Olha que princesa que veio descendo a escada neste momento. Luz na passarela que lá vem ela”, declara o artista. Luan disse ainda que era viciado em três coisas na vida: “na música, na Jade e em fazer amor com ela”. Luan dançou com dona Marizete, mãe dele, a música “Moreninha linda” e, com a irmã, “Loira do carro branco”. Ivete Sangalo e Sandy fizeram um dueto com Luan via vídeo. Com Ivete, ele cantou “Química do amor” e com Sandy, “Mesmo sem estar”.

Durante a transmissão do seu show, via vídeo, chamou um casal, que teve seu casamento cancelado por conta da pandemia e os declarou marido e mulher, também cantou “Tudo que você quiser” para eles. “Gente eu tava vendo aqui no meu celular, um caso muito legal. Um casal queria casar bem no período quando a gente começou a entrar de quarentena. A data do casamento deles ia ser por agora, mas, como está impossível gente fazer uma cerimônia, eu tive a ideia de chamá-los aqui na minha live. Esse casamento vai sair aqui mesmo, ao vivo, pela primeira vez em uma live, isso é algo inédito. Eu vou tomar a liberdade aqui, eu não sou padre, mas, numa forma simbólica eu vou casar os dois”, falou Luan.

Dona Nanci e Pietra, avó e neta, que estão distantes durante o isolamento social, entraram ao vivo, com Luan e ele dedicou “Te esperando” para elas. Luciano Huck, Hugo Gloss e Padre Fábio de Melo apareceram durante a transmissão do show do cantor e pediram músicas. Luciano Huck pediu a música “Trem bala”. Hugo Gloss pediu a música “Acordando o prédio” e Padre Fábio de Melo pediu a música “Conquistando o impossível”. Gloss também doou uma tonelada de alimentos.

“Conquistando o Impossível foi a última música da live “História”, antes do Luan voltar para o Youtube cantando modões. A live “História” acabou por volta das 22h25, porém, Luan entrou ao vivo no Instagram, avisando os fãs que não tinha acabado, que era para todos voltarem para o canal.

Tinha dois vasos vazios ao lado de Luan, onde ele colocava uma rosa a cada doação que recebia. A flor simbolizava as empresas que estavam contribuindo. Ele falava o nome da empresa e colocava uma rosa. No final da live, ele comemorou que os dois vasos estavam repletos de rosas.

Às 22h30, Luan voltou para o Youtube e o “bis” da live durou até 2h15 da madrugada. Bem mais relaxado, em um momento mais íntimo ainda, ele estava ao lado de Fernando Baron e Paulinho Pexe, seus músicos. Foi um momento “sem regras” e com muita descontração entre eles. Luan cantou sucessos como “Cheiro de shampoo” –( Chrystian & Ralf), “Vestido de seda” -(Teodoro & Sampaio), “Contratempos”- (Chitãozinho & Xororó), “Aparências” – (Belchior), “Meu jeito de sentir” – (Bruno & Marrone), “Indiferença” – (Zezé di Camargo & Luciano), “Ipê florido” – (Milionário & José Rico), entre outras.

NÚMEROS DE UMA LIVE HISTÓRICA:

R$ 370 mil arrecadados

328 toneladas de alimentos

10 toneladas de ração para animais

5 toneladas de sacos para lixo

72 mil máscaras

52 mil unidades de álcool gel

1.000 litros de leite;

1.000 litros de água mineral

1 tonelada de produtos de limpeza

500 mil unidades de copos descartaveis

5 mil fronhas

1.000 mantas

1.250 travesseiros

1.615 lençóis

150 capas de colchão

150 cobertores

REDES SOCIAIS

1º Lugar no Brasil no Youtube / 2º lugar em Portugal no Youtube

A live atingiu a 20ª posição nos TT´s BR do Twitter, com mais de 4 milhões de menções e ainda apareceu em 6 posições do TT Potugal

– Após a live, quatro músicas do Luan entraram no Top 200 do Spotify:

“Água com Açúcar” (já estava, subiu 7 posições)

“Choque Térmico” (subiu 6 posições)

“Quando a bad bater” (subiu 22 posições)

“Boa Memória” (subiu 12 posições).

Fonte: Diego Vivan – Almanaque Sertanejo.